Como se prevenir de explosões no condomínio?

Como se prevenir de explosões no condomínio?

Amanda Cássia
03.09.2018  |  13h19

Quem nunca sentiu medo de deixar o gás da cozinha ligado por muito tempo, e por mero esquecimento, não desligar o fogão e começar a subir um cheiro forte no imóvel? Ou até mesmo, aquele momento em que você sai de casa, distraído, e esquece de desligar o gás?

O resultado: Acidentes, explosões, pessoas feridas, e até mesmo, óbito.

Existem diversos casos de vazamento de gás, acarretando em explosão no prédio. Estes casos servem como alerta sobre as normas de instalação e manutenção de equipamentos que usam esse combustível.

Acidentes acontecem. Isso é inevitável. Entretanto, explosões de gás não são divulgadas na mídia e é algo que deve ser relatado e advertido aos moradores de condomínios.

Por exemplo: O pânico dos vizinhos, as consequências dos destroços que o imóvel se encontra, como se esquivar de um processo criminal dos vizinhos por demolição da propriedade, entre outros.

Consequências:

Segundo o Portal G1, no mês de julho/18, três pessoas foram feridas em uma explosão de gás na Zonal Sul de São Paulo. Segundo informações, a explosão ambiental ocorreu em um botijão de gás e não chegou a ter fogo. A via ficou interditada e às 7h10 já havia sido liberada para a passagem de veículos.

Casos como o citado acima, podem ser evitados com equipamentos de segurança, protegendo os moradores e seus respectivos patrimônios.

Medidas cabíveis para se prevenir de acidentes:

Atualmente, existem no mercado, inclusive na empresa Abafire, equipamentos que detectam os vazamentos de gás, alarmando numa central instalada, por exemplo, na portaria do prédio, ou até mesmo, enviando mensagens de SMS no celular, o que poderia evitar explosões e acidentes de graves consequências, oferecendo aos condôminos, proprietários dos mais diversos estabelecimentos uma nova forma de proteger suas casas, suas famílias, seus negócios, clientes, funcionários e a si próprio.

“Nos últimos cinco anos, as estatísticas são crescentes em relação aos acidentes, devido a explosões por vazamento de gás. Ocasionando graves danos materiais e pessoais e em alguns casos, infelizmente, com vítimas fatais. Para se ter uma ideia, diariamente, somente em São Paulo, acontecem aproximadamente doze casos de explosão por vazamento de gás.

Uma das causas de tantos acidentes, são: A população está envelhecendo e os problemas de memória e senilidade crescem no mesmo ritmo. Então, principalmente em condomínios onde a maioria dos moradores tem uma idade avançada, o risco é iminente. Como também em apartamentos onde residem muitas crianças na primeira infância, a curiosidade, as vezes sem muito espaço para brincarem, um pequeno descuido, um acidente está pronto a acontecer.

Além é claro da nossa correria do dia a dia que muitas vezes acabamos esquecendo o gás aberto. Em alguns momentos,” o nosso anjo da guarda “ está de prontidão e percebemos a tempo. Mas um dia ele pode falhar e então…o número de ocorrências é muito alto. E eu sabedor desses dados e trabalhando nessa área, não poderia ficar indiferente a isso. Portanto estou empenhado numa campanha de conscientização na segurança interna dos lares de cada pessoa deste país.

Assim como nos últimos vintes anos, praticamente todos os condomínios se preocuparam com a segurança interna do prédio contra a invasão de marginais e instalaram sistemas de segurança, em CFTV, Controle de Acesso, etc, eu tenho um sonho e acredito nele que daqui a vinte anos, também a maioria dos condomínios terão instalados em cada apartamento um sistema de alarme e detecção de vazamento de gás”, declarou Orlando, proprietário da empresa Abafire.

Fonte: http://www.aosindico.com/como-se-prevenir-de-explosoes-no-condominio

 

Deixe uma resposta