O sistema convencional é melhor indicado para pequenas e médias instalações como lojas de shopping, pequenos edifícios, escritórios, comércios, etc. Possui baixo custo e atende cerca de 75% dos projetos de alarme e detecção de incêndio.

Já o sistema endereçável é indicado para média-grande e grandes instalações como shopping centers, grandes edifícios e condomínios (comerciais e residenciais), hipermercados, etc. Possui diversas aplicações e soluções para cada tipo específico de projeto e é indicado para cerca de 20% dos projetos de alarme e detecção de incêndio.

As diferenças entre o sistema convencional e o endereçável são, basicamente, pelo modo como seu cabeamento é estruturado e pela diferença tecnológica entre eles.
Para identificar o local em que existe um princípio de incêndio, a Central de Alarme de Incêndio Convencional divide a localização de seus dispositivos periféricos (detectores, acionadores, etc.) em setores (laços) e cada laço (setor) recebe um nome, configurado pelo usuário da central.
Já no sistema endereçável, para identificar o local em que existe um princípio de incêndio, a Central de Alarme de Incêndio endereçável distribui endereços individuais para cada equipamento que está ligado à ela.